29 de julho de 2009

A criação a serviço da vida


Diferentemente do que foi colocado no último post, quando a criação prestou-se a mero instrumento de vendas, aqui, ao contrário, faz uma reverência à vida. E que reverência! Sem mais delongas, vamos a ela, lembrando apenas que, uma vez mais, estamos falando de um elemento essencial à vida e que fará a diferença em futuro não tão distante: a água. Aqui, o coral imita a chuva, iniciando com ligeiros pingos, aumentando de intensidade até virar uma tempestade e depois recolhendo-se silenciosamente. Boa viagem!



video

8 comentários:

  1. Belíssimo! e não sei se vc leu, fiquei um tempo sem conseguir comentar por aqui, obrigada pela dica do The Birds, adorei!

    ResponderExcluir
  2. Eu também, he he... Que bom que gostou, Cris!

    ResponderExcluir
  3. Êta chuva maravilhosa...Espetáculo!!Abraços

    ResponderExcluir
  4. Acabei de me dar conta, o legal é ouvir sem assistir, dá a maior sensação de real rain...

    ResponderExcluir
  5. Oi André,
    Agradeço a sua ida lá em blog para tomar um café e bater um papinho.
    Simplesmente amei essa chuva...!!
    Estarei lhe aguardando no "Vou de Coletivo!", que tal participar, heim...?! Ficaríamos mais unidos, rs.
    Beijos,
    Ana Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. INCRÍVEL MEU BOM ANDRÉ, A SINTONIA DE TRIBO NOSSA!TE ABRAÇO MEU CAMARADA!

    BELO BELO!

    CHUVA LINDA ESSA!

    VIVA VIDA

    ResponderExcluir
  7. Sempre bom tê-lo tomando chuva por aqui, meu bom Ricardo! Às tempestades caminhemos sem medo, lenço ou documento!!!!

    ResponderExcluir